3 maneiras de criar empatia nos relacionamentos







Relacionar-se é difícil, demanda aceitação e muitas vezes significa ceder para manter a relação. Em todas as relações, podemos ter empatia ou antipatia pela outra pessoa e os vários relacionamentos em nossa vida, em nosso cotidiano, nem sempre podemos optar.

Com certeza você já passou pela situação de ter que sorrir para uma piada sem graça ou mostrar-se simpático em um momento no qual você não queria estar ali e suas emoções internas diziam isso, para você e, não-verbalmente ao outro.

Todos nós, uns mais outros menos, percebemos quando uma pessoa não esá sendo autêntica ou quando inesperadamente sentimos uma conexão com a outra pessoa com quem nos relacionamos cotidianamente.

E é possível criar empatia conscientemente, basta compreender seu mecanismo.

Segundo a Inteligência Emocional, existem vários ingredientes para a receita da empatia.. Aqui vamos mostrar 3 dos mais importantes e que se colocados em prática, podem fazer a diferença em seus relacionamentos profissionais, familiares e outro qualquer:

1. Atenção. Olhar nos olhos do outro, cria uma ligação afetiva e emocional que faz com que possamos até sentiir o que o outro está sentindo.

Quando uma pessoa se machuca, perto de nós, ou mesmo em um filme na TV, tendemos a reagir como se estivessemos sentindo a mesma dor.

Um estudo foi realizado com dois pares de pessoas, uma delas estava secretamente infiltrada pelo pesquisador. Ela estava com um dedo machucado com um enorme curativo, para chamar bem a atenção. Então pediu-se que cada par ficasse olhando nos olhos do outro. Em dado momento, a pessoa “infiltrada”, simulou que machucou justamente o dedo com curativo. A resposta foram as seguintes: A pessoa que olhava nos olhos do “infiltrado”, reagiu como se tivesse também sentido a dor, a outra dupla, também mostrou sentir a dor, mas de forma bem mais distante.

A lição é a de que olhar nos olhos cria empatia, sente-se uma ligação entre os dois indivíduos que é recíproca, como se os dois tornassem, em alguns aspectos, um só indivíduo.

2. Sintonia proporcionalidade entre a voz, a postura e a mensagem que se quer transmitir. Os gestos, a maneira de falar, a postura, são elementos que trasmitem informações a quem nos comunicamos.

O ideal é não só se dirigir com atenção, olhando nos olhos da pessoa, mas também fazer com que seus gestos transmitam a ideia de afetividade. Assim, fale em tom afetuoso e no volume mais adequado à situação.

Isso cria ligação entre as pessoas, transmite a ideia de cuidado, reconhecimento.

3. Harmonia e Sincronia ou Manter o timing da conversa. Duas pessoas “conectadas”, se movem coordenadamente, mostram-se em sintonia. Percebemos um ritmo entre os dois e se mostram alegres e espontãneas.

Você deve conhecer alguém que tem o dom de criar empatia com qualquer pessoa. Estas pessoas são tidas como “simpáticas”. Estas pessoas, de forma intuitiva, entram no mesmo estado do seu interlocutor: movimentos, tom de voz, movimentos, estado emocional, a respiração no mesmo ritmo, parece imitar os movimentos do outro. È como se transmitisse a mensagem: “estou com voce”.

È a própria comunhão entre dois seres. O contrário disso, ou seja, a falta de sincronia de coordenação é a assincronia onde você interage com a pessoa mas em sintonias dirferentes ou por exemplo quando uma pessoa se vê forçada a expressar um “soriso amarelo”, onde a comunicação e as emoções dizem coisas diferentes.




Por: Roberto Dantas Vieira - Psicólogo, psicanalista e Sociólogo com Especialização em Psicologia Hospitalar, Teoria Psicanalítica e Mestrado em Psicologia

Compartilhe este artigo com seua amigos:

Commentários

Ivanilda

Estou precisando disso.

07 de maio 2018 - 0:00AMReply

João Batista Socorro

Tenho 5 anos de formado e ainda não consegui, não sei por onde começar. PReciso de ajuda.

Maio 01, 2018 - 7:40AMReply

O que achou do artigo? Comente!


Obs importante: Seus dados ficarão protegidos. Só divulgaremos primeiro nome e comentário.


Posts mais recentes

Amor Submisso e Amor Dominante

Por: Roberto Dant. 04/2018


laços de amizade e aceitação Laços de Amizade e Aceitação

Por : Marco Antonio Luz. 04/2018


a-dependencia-emocional-ou-dependencia-ao-outro.php

Por: Marilia Souza 04/2018


Dependência e Co-dependência Afetiva

Por : André Grinb. 04/2018